quinta-feira, 16 de março de 2017

Trauma Craniano Encefálico provocou a morte do radialista Liraldo Dantas

Somente a Polícia Civil poderá dizer ao final de uma investigação, se o Trauma Craniano Encefálico que matou o radialista Liraldo Dantas, foi provocado por terceiros ou simplesmente por uma queda após mal-estar (problema de saúde).
Durante o exame de necropsia, os médicos legistas do ITEP confirmaram que ele não morreu por parada cardíaca, por exemplo. O que provocou sua morte, foi mesmo o trauma craniano.
O exame de necropsia, foi solicitado ao ITEP pela Polícia Civil. O corpo está sendo liberado do ITEP (18hs15min) para ser velado na Maçonaria, no Bairro Barra Nova em Caicó e depois segue para Currais Novos aonde também será velado e depois sepultado.
Atualização: O corpo foi removido para Currais Novos, pois estava sem condições de ser velado em Caicó. A informação que seria sepultado ainda nessa noite em face ao estado de decomposição.

Fonte: Sidney Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário