sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Suspeito de matar sargento da PM em Ceará-Mirim é preso em Natal

Onze pessoas foram mortas em Ceará-Mirim após morte de policial militar. (Foto: Mirella Lopes/Inter TV Cabugi)
Quatorze pessoas foram mortas em Ceará-Mirim após morte de PM (Foto: Mirella Lopes/Inter TV Cabugi)
A Polícia Militar prendeu, na manhã desta sexta-feira (24), um homem suspeito de participação no assassinato do sargento da Polícia Militar, que foi executado com tiros pelas costas na noite de segunda-feira (20), em Ceará-Mirim. O homem foi detido na estação de trem do bairro da Ribeira, Zona Leste de Natal.
O sargento Jackson Sidney Botelho Matos, de 42 anos, trabalhava no 11º Batalhão. O sargento Botelho não estava trabalhando quando foi assassinado. Homens armados se aproximaram em um veículo e dispararam nas costas do policial, que estava em uma lanchonete. Ele morreu no local.
De acordo com o delegado Júlio Costa, adjunto da Diretoria de Polícia da Grande Natal responsável pelas investigações, o suspeito está sendo levado para Ceará-Mirim. "Ele está sendo conduzido, mas não temos muitas informações. As investigações estão caminhando, estamos trabalhando e avançando", explicou.

Fonte: G1 RN
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário