segunda-feira, 21 de maio de 2018

Vídeo mostra ladrões furtando 40 quilos de carne em colégio de Mossoró

Criminosos invadiram uma escola pública de Mossoró, na região Oeste potiguar, e roubaram 40 quilos de carne que seriam usados na merenda dos estudantes. O caso aconteceu na madrugada do sábado (19) e só foi percebido à tarde, quando o prédio foi aberto para a realização de um evento religioso. A ação foi registrada pelas câmeras de vigilância da instituição. (Veja abaixo).
O caso aconteceu na Escola Estadual Aida Ramalho Cortez Pereira, que já foi alvo de bandidos quatro vezes, desde o ano passado.No dia 21 de março de 2018, um homem armado fez um arrastão e levou celulares e outros bens de estudantes e funcionários da instituição.(RELEMBRE)
Oito minutos de filmagens foram entregues para a Polícia Civil para ajudar nas investigações. As imagens mostram o primeiro criminosos entrando na cozinha sem camisa, mas com rosto coberto. Ele vai para o canto da cozinha e sai levando um botijão de gás. Outro homem aparece em seguida, de cara limpa.
Um deles abre o freezer e os dois começam a roubar a carne da merenda. Segundo a direção da escola, foram levados cerca de 40 quilos de carne. Minutos depois, eles ainda tentam entrar na dispensa, onde estão os mantimentos, mas a porta está trancada. Eles percebem que a câmera está ligada e desligam o equipamento.
De acordo com a diretora Hévila Cruz, as compras da semana tinham sido feitas na sexta-feira (18). A carne roubada seria usada na merenda dos 300 alunos da instituição, que funciona em horário integral, e era suficiente para dois dias. Ainda conforme a direção, os criminosos não levaram o botijão de gás.
Em todas as quatro vezes em que a escola foi invadida, desde o ano passado, o alvo foi a cozinha. Parte da estrutura foi danificada pelos invasores. Para reforçar a segurança, a escola instalou câmeras e grades em todas as portas e janelas, mas isso não inibiu a ação dos criminosos.
Dessa vez, eles entraram pelo telhado de uma galeria que fica na lateral da cozinha e tiveram acesso pelo forro. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão e será encaminhado para a Delegacia de Furtos e Roubos do município.

Fonte: G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário