domingo, 11 de junho de 2017

Acusado de envolvimento na morte de lutador de MMA no RN vai a júri popular

Vitima
Está marcado para começar às 8h da terça-feira (13), no Plenário do Tribunal do Júri, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, em Natal, o julgamento do soldado da Polícia Militar Moisés Gonçalo do Nascimento, de 44 anos. Ele é acusado de participação no assassinato do lutador de MMA Luiz de França Sousa Trindade.
O crime aconteceu em fevereiro de 2014 na frente de uma academia de musculação e artes marciais no conjunto Cidade Satélite, onde a vítima dava aulas. 'Luizinho', como era mais conhecido, tinha 25 anos.
Segundo a acusação, o soldado Moisés pilotava uma moto e teria ajudado o assassino a fugir. O autor dos disparos, no caso, seria o tenente da PM Iranildo Félix, que em dezembro de 2015 foi encontrado morto dentro do 5º Batalhão, onde estava preso. Na época, a Polícia Militar declarou que um agente foi levar a comida do tenente e o encontrou enforcado com um lençol. Iranildo negava o crime.
As investigações apontaram que a morte de Luizinho foi motivada por um desentendimento entre o tenente e o lutador durante treinamentos que ambos faziam na academia.

Fonte: G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário