terça-feira, 11 de abril de 2017

Operação Borborema Livre realiza sete prisões na cidade de São Tomé

saotome_borborema 
Uma equipe de policiais civis da 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi, da Delegacia de São Tomé, com apoio da Polícia Militar e do Grupo Tático Operacional de João Câmara deflagraram na manhã desta terça-feira (11), a Operação Borborema Livre que teve como objetivo prender pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e homicídios na cidade de São Tomé.
A investigação teve como alvo prender integrantes do Sindicato do Crime, mas nesse meio tempo surgiu a necessidade de investigar os quatro homicídios que aconteceram na cidade no mês de março, relatou o coordenador da operação o delegado Andresso, titular da Delegacia de São Tomé.
No dia 02 de março houve o homicídio de José Edmílson da Silva, onde há indícios de que quatro dos presos na operação cometeram o homicídio. Eles também são suspeitos pelo triplo homicídio que ocorreu no dia 30 de março, em que foram vitimados dois adolescentes e o moto-taxista Damião Paixão Rosano. Os crimes teriam sido motivados por acerto de contas da facção criminosa.
A Operação Borborema Livre prendeu cinco suspeitos mediante cumprimento de mandados de prisões temporárias, dois suspeitos foram presos em flagrante por posse de arma e dois homens foram autuados em Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por posse de droga.

Fonte: Édipo Natan

Nenhum comentário:

Postar um comentário