domingo, 5 de março de 2017

Um dia após morte de PM, três são assassinados a tiros em Parelhas, RN

Parelhas viveu mais uma madrugada de violência; nas últimas 24 horas, cinco pessoas foram mortas na cidade. (Foto: PM/Divulgação)
A cidade de Parelhas, na região Seridó potiguar, viveu mais uma madrugada de violência. Entre a meia-noite e o amanhecer deste domingo (5), três jovens foram executados a tiros. As vítimas foram mortas no meio da rua. Ninguém foi preso.
Os homicídios aconteceram um dia após a morte do cabo da Polícia Militar José Borges Neto, de 51 anos. O PM foi assassinado dentro de casa, ao lado da mulher a da filha do casal. Ao tentar fugir, o homem que matou o PM trocou tiros com policiais que foram socorrer o colega. Nailson dos Santos Alves, 23 anos, foi baleado e socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu a caminho do hospital.Segundo a Polícia Civil, Mackson Douglas do Nascimento, de 19 anos, tinha marcas de tiros nas nádegas e no peito; João Paulo Silva, de 25, levou um tiro de espingarda calibre 12 nas costas; e Wellington Lima de Azevedo, 22, levou um tiro na perna esquerda que causou uma fratura exposta. Ele também tinha outras perfurações de tiros pelo corpo.
Segundo o delegado regional Bruno Ferraz, “neste primeiro momento não dá para relacionar as três mortes da madrugada com o assassinato do cabo da PM, mas também não se pode descartar nada por enquanto”.

Fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário