sábado, 14 de janeiro de 2017

Em duas semanas, cinquenta e sete pessoas foram assassinadas no RN

Foto: Sérgio Costa
O cenário de violência que marcou o ano de 2016 no Rio Grande do Norte se repete nos primeiros dias de 2017. Em duas semanas, 57 pessoas foram assassinadas no território potiguar, somente na região metropolitana os números chegaram a 38 casos. Os dados são do OBVIO (Observatório da Violência Letal Intencional no Estado).
A pesquisa realizada nos treze primeiros dias de janeiro destaca uma semelhança preocupante em relação ao mesmo período do ano passado quando 58 mortes foram computadas pelo mesmo orgão, uma diferença de apenas -1,72%.
De acordo com o estudioso e pesquisador Ivênio Hermes, a negligência na prática de políticas em combate a violência provoca a continuidade desse tipo de crime.
"Esses números se repetem e podem atingir um patamar maior se as autoridades continuarem a negligenciar as formas de combate. Da maneira como vem sendo administrada a situação a violência tende a piorar", disse.
A região metropolitana foi onde ocorreu o maior número de assassinatos com 37 casos. Natal mais uma vez assume a ponta no ranking da violência seguida de Parnamirim e Mossoró.

Fonte: Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário