terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Acre deve transferir 15 detentos para presídio federal do RN, diz secretário

Emylson Farias diz que segurança nos presídios deve ser reforçada (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre)
Emylson Farias diz que fez pedido de transferência há cinco meses (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre)
O Acre deve transferir ao menos 15 detentos para a unidade federal de Mossoró (RN) nos próximos dias. A informação foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública do estado, Emylson Farias. Segundo ele, o pedido de transferência dos presos foi enviado ao juiz federal de Mossoró há cerca de cinco meses e o estado ainda aguarda a autorização.
Farias afirmou que a solicitação de transferência estava em sigilo para evitar retaliação dos detentos dentro dos presídios do estado. Ele disse ainda que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, anunciou nesta segunda-feira (9) que o pedido foi autorizado, porém, até o momento não há essa confirmação por parte do juiz federal da cidade no Rio Grande do Norte.
O secretário lembrou que a declaração do ministro da Justiça veio após a rebelião que deixou 60 mortos em Manaus (AM) e outros 33 mortos na maior penitenciária de Roraima (PR), na madrugada desta sexta (6). No Acre, uma rebelião em outubro de 2016 deixou quatro mortos e 19 feridos.
"O ministro da Justiça está pedindo para o juiz federal se sensibilizar e agilizar para ver se despacha logo isso. O Acre fez o pedido há cinco meses. São pelo menos 15 presos. Parece que agora houve a sensibilização depois que ocorreu o evento de Manaus e Roraima. Na hora que ele [juiz federal] decidir, a gente transfere", disse o secretário.
Guerra entre facções
Desde 2016, a capital acreana enfrenta uma briga entre facções criminosas, segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp-AC). Desde então, vários homicídios são registrados com características de execução. A Polícia Civil chegou a afirmar ainda no ano passado que o crime organizado estaria lutando por território.
Uma ataque na Unidade Prisional 4 (UP4) ocorreu em outubro, quando pelo menos 25 criminosos armaram uma emboscada no horário que presos do semiaberto retornavam para dormir no presídio. Um motim e uma rebelião também ocorreram no Complexo Prisional Francisco d'Oliveira Conde (FOC) no mesmo mês.
Já neste ano, e diante da morte da 56 pessoas durante rebelião em presídio no Amazonas e 31 presos em Roraima, a Sesp-AC decidiu isolar 44 detentos no presídio de segurança máxima Antônio Amaro. Em todo o FOC, a secretaria anunciou que policiais civis, militares e agentes penitenciários devem atuar em regime de 24 horas por tempo indeterminado.
No sábado (7), criminosos dispararam contra o prédio da Defensoria Pública do Acre, no bairro Bosque. O local foi atingido por quatro disparos, segundo o defensor Fernando Morais. Os tiros atingiram a vidraça. A assessoria da Polícia Civil disse que os criminosos, antes do ataque, roubaram um carro e amarraram o dono.
A polícia encontrou em um carro próximo à Defensoria uma bomba de fabricação caseira e uma carta de duas páginas em que os bandidos ameaçavam explodir prédios públicos, supermercados e pontes do estado. O delegado Nilton Boscaro, que investiga o caso, afirmou que o veículo era roubado. Nele, também foram encontrados munição.

Fonte: G1 AC
 

Um comentário:

  1. Asa empréstimo empréstimo empresa estão prontos para emprestar-lhe qualquer
    quantidade que você precisa tostart até seu negócio pessoal. Por favor,
    aplique para o empréstimo agrícola agrícola. Se você precisar de empréstimo
    entre em contato conosco: asaloaninstituteplc@gmail.com, você também pode
    entrar em contato, asaloaninstituteplc@yahoo.com

    Asa loan lending company are ready to loan you any amount you need to start
    up your personal business. Kindly apply for agricultural farming loan. if
    you need loan contact us at:asaloaninstituteplc@gmail.com , you can also
    contact,asaloaninstituteplc@yahoo.com

    ResponderExcluir