O Repórter do Povo

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Final de semana teve dez mortes por arma de fogo na Grande Natal

Policial Ramalho foi um dos dez mortos
O final de semana na grande Natal teve um total de dez mortes por arma de fogo. Além dos quatro assassinatos no Jardim Lola e a morte do filho do policial militar em Nova Natal, duas pessoas foram executadas em Parnamirim, dois homens e uma mulher foram mortos a tiros na Zona Norte da capital.
Os homicídios em Parnamirim, a princípio, não tiveram ligação, mas vitimaram Leonardo Lima do Nascimento, que cumpria pena no regime aberto por tráfico de drogas, e Túlio Araújo dos Santos, suspeito de participar de uma quadrilha que vem assaltando naquela região. Os dois foram executados na tarde do sábado (5).
Já na neste domingo (6), a polícia registrou a morte de Marizangela da Costa, de 31 anos. A mulher foi baleada dentro de casa, na rua apostolo Tiago, no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte de Natal, mas chegou a ser socorrida. No hospital, no entanto, ela não resistiu aos ferimentos e morreu.
Também na Zona Norte, o empresário Antônio Jorge da Silva, 52 anos, foi assassinado com três tiros, por volta da meia noite. Ele era dono de uma casa de show e estava no local, na rua Baloarte, onde um carro branco com pelo menos três homens chegou e atirou contra Antônio. O empresário também foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.
Já nesta segunda-feira (7), o Instituto Técnico-Científico de Polícia recebeu o corpo de um homem identificado como João Maria Campos, de 48 anos. Ele estava no hospital e também morreu em virtude de disparos de arma de fogo, tendo sido atingido quando passava pela avenida Cidade Praia.

Fonte: Portal BO

Nenhum comentário: