O Repórter do Povo

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Presos em Santana do Matos confessaram o crime de sábado (03)

André entrando na viatura com destino à DP Caicó ontem a noite - FOTO: Francisco Damião via site Edilima Freire
Os dois homens que foram presos no fim da tarde desta terça-feira (06) em Santana do Matos-RN acabaram de confessar o homicídio ocorrido no último sábado naquela cidade.André Luiz da Cunha, de 20 anos, natural de São Gonçalo do marante-RN, foi preso no Sítio Tapuia, zona rural de Santana do Matos, já o menor foi preso em sua própria residência, também naquela cidade.
André é uma figura conhecida da polícia de Caicó, uma vez que, em 2010 ele era um dos assaltantes que agiu contra a pessoa conhecida como “Testinha”, que naquele ano trabalhava na emissora Rádio Solidariedade, 106 FM, que na época, após a ação, ficou detido no CEDUC.André e o menor foram ouvidos por algumas horas por um representante do Ministério Público e pelo Delegado Regional, Dr. George Leão, onde vieram a confessar o crime que vitimou o pedreiro José Leão Silva Xavier de 37 anos, alegando que queriam apenas o dinheiro da vítima, 300,00 (trezentos) reais que havia em sua carteira, que foi dividido entre os dois, sua moto CG honda tipo Today ano 99 e, a qual foi abandonada na zona rural, ainda seu celular, que segundo eles, jogaram dentro de um açude, além de uma rixa que a vítima tinha com o acusado.No domingo (04), o Sargento Da Silva  e sua equipe de policiais já haviam apreendido a moto da vítima tipo Honda Today de cor vermelha ano 1999, que foi levada no dia do crime, além de um suspeito, o qual foi ouvido na DP de Caicó e liberado posteriormente.Os réus confesso foram presos por uma equipe de Policias Militares da cidade de Santana do Matos-RN, comandada pelo Sargento Da Silva, onde neste momento, conduzem os acusados para a Delegacia de Polícia Civil de Caicó, onde ficarão à disposição da justiça, e provavelmente, o maior será transferido para a Penitenciária Estadual do Seridó – O Pereirão, já o menor, para o CEDUC.


Fonte: Rosivan Amaral

Nenhum comentário: